NOSSO DESTAQUE!

SITE NO AR!

OLÁ Agora estamos somente no endereço: www.esportecomjorgeroberto.com

quinta-feira, 23 de junho de 2016

MAFRA É DERROTADA MAS SEGUE NA TERCEIRA POSIÇÃO DA DIVISÃO ESPECIAL

O nono compromisso do Mafra Ferromax na Divisão Especial terminou com placar adverso para a equipe mafrense, que jogando no Centreventos Cau Hansen, em Joinville, sofreu uma derrota de virada para o JEC/Krona, por 4 a 3.
Foto: Robson Komochena
Técnico Sandro de Oliveira Colvero, que contava com todos os atletas à disposição, definiu o quinteto inicial da seguinte forma: Darcio (goleiro), Cleitão (fixo), Andrey (ala) e André (pivô). Braçadeira de capitão ficou com o fixo Marcelo Paulista.
Diferente do que, até havia sido divulgado na manhã do jogo no site da Federação Catarinense de Futebol de Salão (FCFS), Jefferson Eduardo Cabral e Renato Arriola Rochadel foram os árbitros escalados para comandar a partida.


GOLS
Quem abriu o placar, aos 02min52, foi o goleiro Darcio, que recebeu a bola em uma cobrança de lateral e mandou certeira para o fundo da rede joinvilense. O segundo gol, assinado por Cleitão, veio de uma cobrança de falta, onde o fixo posicionado na entrada da grande área recebeu a bola de Feroz e aumentou a vantagem, aos 04min18seg. Ainda no primeiro tempo, aos 17min32seg, a equipe da casa descontou com um gol do ala Serginho.
O segundo tempo veio com o terceiro gol mafrense, aos 09min54seg, veio de uma cobrança rápida de escanteio pelo ala Ruan, que mandou uma bola certeira para o fixo Marcelo Paulista, que frente a frente com o goleiro joinvilense, anotou o terceiro gol do Mafra Ferromax.
A reação do JEC/Krona veio em seguida, com o ala Serginho, que balançou a rede por mais três vezes: aos 15min56seg, 17min10seg e 18min50seg. A equipe mafrense veio com o fixo Cleitão como ‘linha-gol’ e, apesar de algumas chances criadas, nenhuma se converteu em gol. Apito final: vitória do JEC/Krona por 4 a 3.

ANÁLISE DO TÉCNICO SANDRO
Apesar da vantagem em grande parte do embate, o técnico Sandro de Oliveira Colvero explica o que levou a virada do placar pelo adversário: “Fizemos um bom jogo, estivemos à frente do placar em praticamente 90% do tempo, mas exatamente no momento de definição da partida (últimos cinco minutos) cometemos erros graves e fatais que não podem acontecer neste nível de jogo, os quais acabaram por ceder a vitória ao adversário”.
Para o treinador, no primeiro tempo a equipe mafrense foi mais incisiva e intensa, criando boas chances de construir um placar maior, mas não foi efetiva, finalizando a etapa vencendo por 2 a 1. “Na segunda etapa o adversário teve um volume maior de jogo, mas sem tanta efetividade e nós construímos novamente boas oportunidades de ‘encaminhar’ um bom resultado. Fizemos um gol só destas oportunidades e, ainda facilitamos o trabalho do adversário com nossos erros de falta de segurança quando tínhamos a posse e ‘entregamos’ ao oponente, dando-lhes a vitória”, explicou.
De acordo com Sandro, a equipe não teve o esmero e o cuidado necessário para vencer um grande adversário e por isto o resultado acabou sendo justo, pois a equipe da casa foi efetiva e aproveitou os erros mafrenses na reta final do confronto. “O resultado em si não é nada ‘anormal’, continuamos bem colocados na Divisão Especial, mas desperdiçamos uma valiosa oportunidade de alcançar a liderança do campeonato. Agora é “aprender com os erros” e trabalhar cada vez mais para o próximo difícil compromisso, também fora de casa”, finalizou.

TABELA
Sem pontuar, o Mafra Ferromax continua na terceira posição da tabela da Divisão Especial, com 16 pontos em nove jogos (cinco vitórias, um empate e três derrotas). Na liderança está Concórdia (18 pontos) seguido por Tubarão (17 pontos).
Outros dois jogos, pela nona rodada, movimentaram a noite de quarta-feira (22) em Santa Catarina: Araquari e Joaçaba ficaram no empate em 2 a 2, enquanto o AD Hering/Blumenau foi derrotado em casa pelo Xaxiense, por 4 a 3.
Com os embates do meio de semana, as demais posições da tabela, se definiram da seguinte forma: 4º) Joaçaba: 16 pontos; 5º) JEC/Krona: 15 pontos; 6º) Jaraguá: 11 pontos; 7º) Floripa: 10 pontos; 8º) Xaxiense: nove pontos; 9º) Araquari: nove pontos; 10º) Canoinhas: sete pontos; 11º) AD Hering/Blumenau: sete pontos e 12º) Chapecoense: seis pontos.

FOLGA E REAPRESENTAÇÃO
Com o jogo diante do JEC/Krona, inicialmente agendado para sexta-feira (24), antecipado, o elenco do Mafra Ferromax terá folga nos próximos dias, retomando os trabalhos na manhã de segunda-feira (27), onde sob a coordenação do preparador físico Mario César Garcia Filho, realiza atividades regenerativas na Oxy Academia, visando à preparação para a semana intensa de treinamentos planejada.

PRÓXIMO COMPROMISSO
Novamente pela Divisão Especial, em jogo válido pela décima rodada da primeira fase, o Mafra Ferromax retorna a Joaçaba no próximo dia 03 de julho (domingo), onde entra em quadra às 19h diante dos donos da casa.


Fonte: Robson Komochena

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: O portal não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Comentários ofensivos, que não tenham relação com o conteúdo da página ou que vão contra a lei serão removidos.

CONFIRA AS MATÉRIAS MAIS VISTAS NA SEMANA

ENTREVISTA NA RIC RECORD SOBRE O TROFÉU CRAQUES DO ESTADUAL. ACOMPANHE!

ACOMPANHE O INSTITUCIONAL DO ESTADUAL DE FUTSAL 2014