NOSSO DESTAQUE!

SITE NO AR!

OLÁ Agora estamos somente no endereço: www.esportecomjorgeroberto.com

domingo, 27 de setembro de 2009

Verdão segura vantagem debaixo de granizo e sobe para a Série C


Foi mais difícil que a torcida da Chapecoense imaginava. Debaixo de granizo em uma tarde escura em Chapecó, o Verdão perdeu por 1 a 0 para o Araguaia-MT e garantiu o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro, para festa dos corajosos torcedores que foram ao Índio Condá.


Como venceu no Mato Grosso por 2 a 1 no primeiro jogo, a Chapecoense se classificou à semifinal da Série D pelos gols marcados fora de casa.

Valtinho marcou o gol dos visitantes aos 32 minutos do segundo tempo, contanto com ajuda da poça da água. A partida até chegou a ser interrompida por quatro minutos no início do primeiro tempo, quando caiu granizo em Chapecó, mas o árbitro Márcio Chagas da Silva deu condições de jogo.

Apesar da derrota, a primeira em casa na competição, a Chapecoense comemorou a classificação à Série C de 2010 e para a semifinal da Série D, onde vai enfrentar o Macaé-RJ.


O jogo

A partida começou com os jogadores nervosos. Logo no primeiro minuto, o volante Fabrício, da Chapecoense, fez falta violenta no adversário e foi expulso. O Araguaia ameaçava mais ir ao ataque nos primeiros minutos, enquanto o Verdão se defendia com um jogador a menos.

Aos 20 minutos, o jogo foi interrompido por conta de uma chuva de granizo que cobriu de gelo o gramado do Índio Condá. Quatro minutos depois, a chuva passou e a bola voltou a rolar.

Aos 27 minutos, as duas equipes ficaram com 10 jogadores. O lateral-esquerdo Wagner, do Araguaia, deu um carrinho violento em Luís André e foi expulso.

Aos 41 minutos, o atacante Giancarlo perdeu uma chance incrível para a Chapecoense. Ele recebeu a bola na pequena área e conseguiu fazer o mais difícil: chutar pra fora.

No segundo tempo, a Chapecoense voltou atacando mais. Aos dois minutos, Cristiano levantou a bola na área cobrando falta e o zagueiro Kleber Goiano cabeceou para o goleiro Flavio Mendes salvar o Araguaia.

Sem conseguir o gol, da Chapecoense tomou um susto aos 24 minutos, quando o goleiro Nivaldo defendeu um chute perigoso do atacante do Araguaia. Aos 32, após cobrança de falta, Nivaldo saiu e a bola parou na poça da água, sobrando para Valtinho abrir o placar para os visitantes: 1 a 0.

Os minutos finais foram de apreensão. O Araguaia precisava de mais um gol para se classificar e a Chapecoense segurava a derrota por 1 a 0 para garantir o acesso. Com o gramado castigado pela chuva, a força física dos jogadores era o que prevalecia.

A Chapecoense fazia o que podia para gastar o tempo para, no final, a torcida comemorar o acesso à Série C.


Ficha técnica: Chapecoense 0 x 1 Araguaia-MT

Local: Índio Condá, em Chapecó (SC).
Data: 27/09/2009 (domingo).
Horário: 17h (de Brasília).
Público> 4.888 (total), 2.775 (pagante).
Renda: R$ 48.671,00.
Arbitragem: Márcio Chagas da Silva (RS), auxiliado por Alexandre Kleiniche (RS) e Julio Cesar Rodrigues Santos (RS).
Cartões vermelhos: Fabrício (Chapecoense); Wagner (Araguaia).
Cartões amarelos: Cadu Gaúcho³ (Chapecoense), Pezão, Thiago Fofão, Raniel, Diogo (Araguaia).
Gols: Valtinho, aos 32’/2º tempo (Araguaia).

Chapecoense
Nivaldo; Anelka, Kleber Goiano e Silvio Bido; Luís André, Cadu Gaúcho, Fabrício, Cristiano (Brenno) e Aelson; Rogério (Emerson Cris) e Giancarlo (Cadu Mineiro).
Técnico: Mauro Ovelha.

Araguaia-MT
Flávio Mendes; Thiago Fofão, Marinho (Abimael) e Luis Carlos; Danilo (Raniel), Valtinho, Alessandro, Gaúcho e Wagner; Dinei (Diogo) e Pezão.
Técnico Marcos Birigui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE: O portal não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Comentários ofensivos, que não tenham relação com o conteúdo da página ou que vão contra a lei serão removidos.

CONFIRA AS MATÉRIAS MAIS VISTAS NA SEMANA

ENTREVISTA NA RIC RECORD SOBRE O TROFÉU CRAQUES DO ESTADUAL. ACOMPANHE!

ACOMPANHE O INSTITUCIONAL DO ESTADUAL DE FUTSAL 2014