NOSSO DESTAQUE!

SITE NO AR!

OLÁ Agora estamos somente no endereço: www.esportecomjorgeroberto.com

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

UM PINHALENSE NO MUNDO DO SURF

Nem só dos campeões mundiais vive o Surf brasileiro: O Pinhalense Klaus Kaiser é narrador oficial para língua portuguesa das etapas mundial de Surf. Ele vem acompanhando de perto a evolução dos surfistas brasileiros, e diz que vêm muitos títulos mundiais por aí. Diz que o Gabriel Medina é o Neymar do Surf, um craque!

     Klaus Kaiser saiu da Capital da Amizade com 8 anos de idade, foi com a mãe Marley Kaiser morar em Camboriú. Ele diz que não tinha noção de como era a praia, na infância em Pinhalzinho ele e os amigos Jones e Charles Mayer achavam que para ter acesso à praia, tinha uma porteira ou algo semelhante, ou tinha que pagar para ter acesso ao mar. Quando o guri viu o mar pela primeira vez, ficou apaixonado, foi amor á primeira vista, a primeira coisa que fez ao entrar no mar foi experimentar a água para conferir se de fato, era salgada. Klaus conta que os primeiros ensinamentos que recebeu do tio Valdir Kaiser (pai por consideração), com relação ao contato com a água, foram nada ortodoxos, Valdir enfiava a cabeça do guri dentro de um tanque, para que ele aprendesse a respirar em baixo d’água. Mas ele que saiu pequeno da Capital da Amizade jamais imaginava que iria ter o mar como aliado e eterno parceiro, aliás, uma parceria que perdura por mais de mais de 30 anos. Klaus ganhou uma prancha de isopor e começou a curtir as ondas da praia de Camboriú, depois ganhou uma prancha de fibra. Muito jovem começou a participar de competições de Surf, depois foi trabalhar na organização das competições, até que surgiu a oportunidade do primeiro evento como locutor: Evento de surf em Ubatuba, São Paulo, no ano de 1985, substituindo o locutor oficial que havia faltado. Hoje com mais de 30 anos de experiência em locução de eventos, o Pinhalense Klaus Kaiser já trabalhou nos seguintes países: Brasil, Uruguai, Argentina, Chile, Equador, Peru, Panamá, El Salvador, Portugal, França, Espanha, África do Sul, Estados Unidos, entre outros. Ele tem em seu currículo, mais de 1.200 transmissões de eventos esportivos. Já transmitiu: surf, body boarding, beach tennis, vôlei de praia, futevôlei, beach soccer e vários outros eventos.
      Klaus está passando férias em Pinhalzinho e diz que era hora de voltar à terra natal para rever a família e matar saudades que já não cabia mais no peito, já fazia 17 anos que não sentia o cheiro da terrinha. E confessa um sonho que tem com o Ser Ajap, gostaria de acompanhar a equipe Pinhalense, a qual ele viu conquistar o primeiro título municipal, disputando uma primeira divisão. Diz que é Colorado, mas antes de tudo, torcedor do Ser Ajap.

Fonte: Genivaldo Andrade

2 comentários:

  1. Agradeço a gentileza e consideração dispensadas ao filho Klaus. Seu sucesso é fruto de muita determinação frente aos obstáculos da vida, generosidade e alegria. Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Ele é tão competente no que faz, que sua humildade sempre está em primeiro lugar.

    ResponderExcluir

IMPORTANTE: O portal não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários publicados pelos seus usuários. Comentários ofensivos, que não tenham relação com o conteúdo da página ou que vão contra a lei serão removidos.

CONFIRA AS MATÉRIAS MAIS VISTAS NA SEMANA

ENTREVISTA NA RIC RECORD SOBRE O TROFÉU CRAQUES DO ESTADUAL. ACOMPANHE!

ACOMPANHE O INSTITUCIONAL DO ESTADUAL DE FUTSAL 2014